domingo, 7 de dezembro de 2014

NiGHTS, a obra prima do Sega Saturn.


Quando eu comprei meu Sega Saturn, mal via a hora de ter NiGHTS. Eu via os comerciais da TecToy e também nas revistas todo aqueles gráficos e perfeição nas acrobacias que me levavam ao além. Quando eu comprei, achei o jogo difícil e não entendia o que ele realmente mostrar...
... Porém quanto mais eu jogava, mais eu entendia e me apaixonava pelo clima aéreo e as acrobacias incríveis de tirar meu fôlego.
NiGHTS mostrou que o SEGA Saturn não era qualquer videogame e que a SEGA poderia inovar sem mostrar o SONIC toda hora.
Por um momento, pensei que o NiGHTS (ou a NiGHTS, já que não tem gênero) fosse virar o mascote do Saturn, pois era tão bem falado e tirando notas altas e incríveis.

Falarei de todos os NiGHTS lançados e também algumas curiosidades.

NiGHTS into Dreams (1996)
A obra prima do Saturn veio com tudo e com um grande nome, SONIC TEAM. Há pessoas que dizem que o Sonic e a Amy eram o Elliot e a Claris.
Se formos parar e analisar, realmente se parecem: Elliot é todo azul, e quem é azul??? Ele gosta de basquete e é um ótimo corredor, logo lembra-se de Sonic. Já Claris é carismática e toda adorável, igual a Amy. Quem já leu o perfil da Amy sabe que ela é cheerful.
O jogo veio já mostrando a capacidade do Saturn e também a SEGA percebeu que os botões L e R eram ruins para fazer as acrobacias, muito imprecisos, tal como o direcional. E criou o controle 3D.
Agora falando do jogo: Claris e Elliot não conseguem realizar seus sonhos com medo das opiniões dos outros e assim criam barreiras para si, ao dormir são introduzidos ao mundo de fantasia e de sonhos e somente NiGHTS para ajudá-los em sua trajetória e busca de sua realização. Como sabemos, Yuji Naka foi o líder de programação.
História: Toda noite, todos os sonhos humanos passam por Nightopia e Nightmare, as duas partes do mundo dos sonhos. Em Nightopia, os sonhos são representados pelos "Ideyas", no entanto o maldoso regente de Nightmare, Wizeman the Wicked, está roubando todos os sonhos dos visitantes enquanto dormem, NiGHTS e REALA são os percursores entre sonhos e pesadelos, contudo NiGHTS fica contra esses planos.
E assim começa a jornada...


Personagens:

Claris Sinclair (15 anos) : Uma talentosa cantora, a sua ambição é passar em sua performance no palco. Ela é a principal cantora dos eventos da cidade de Twin Seeds. Porém, ficando à frente dos juízes, ela é surpreendida pelo medo e fica sem confiança em si. Perdendo todos seus sonhos e a esperança, quando ela dorme, os maus espíritos de Nightmare se aproveitam do medo, levando-a ao palco. Ela foge do palco e encontra um vale viçoso da primavera, cujo NiGHTS já está à sua espera.


Elliot Edwards (15 anos): Um jogador promissor de basquete. Um dia, um grupo de estudantes mais velhos chegam e os desafiam para um jogo, fazendo Elliot ser humilhado na frente dos amigos. Àquela noite, um pesadelo reprisa os eventos, e Elliot corre cegamente para dentro do mundo de Nightopia, onde ele encontra Nights aprisionado.


NiGHTS: É um Nightmaren criada por Wizeman para roubar as Ideya vermelha. Parece um coringa com um diamante no peito. Se rebela contra os planos malignos de Wizeman e é selada no Palácio Ideya, então Claris e Elliot a salva.


                                   Reala: O servo fiel de Wizeman, ele é cruel e astuto,.


Wizeman: É o soberano nos mundo Nightmare e criador dos Nightmaren, NiGHTS e Reala e todos os inimigos de NiGHTS.

A edição especial que veio com o jogo mais vendido do Sega Saturn. O jogo está entre os 100 melhores jogos do mundo no Japão.

Christimas NiGTHS (1996)

É uma demo com dois níveis com a temática natalina, lançado em Dezembro de 1996. No Japão, foi a parte do Saturn edição especial de lá. Em outros lugares vinham em revistas e afins. 
O disco contém a versão completa do nível Spring Valley - Claris e uma nova versão para o Elliot com o mesmo tema, mas com um fundo diferente. 
A história de Christimas NiGHTS é que Claris e Elliot estão comemorando o Natal, depois de toda a aventura, mas sentem falta de algo.  Descobrindo que a estrela que usualmente fica no topo da árvore de Natal de Twin Seeds está faltando, as duas crianças vão para Nightopia procurá-la. Lá, eles se encontram com Nights novamente, e exploram a Spring Valley, que agora está repleta de decorações de Natal devido aos sonhos das crianças por causa da época natalina. O trio agora tem que derrotar Gillwing e tomar de volta a Estrela de Natal.
O jogo usa o relógio interno do Saturn para mudar elementos de acordo com a data. Em novembro e janeiro, o selo do título "Nights: Limited Edition" é trocado para "Winter Nights", com um verde viçoso do ambiente sendo mudado para branco neve. Durante Dezembro, o modo "Christmas Nights" é ativado, resultando em novas alterações com temáticas natalinas, como as caixas de itens se tornando presentes de Natal, Nightopians vestidos em roupas de elfo, e Árvores de Natal substituindo os Capturadores de Ideya. A música de fundo é trocada por uma versão instrumental de "Jingle Bells", assim como há uma mudança ao estilo "Natalino" do tema do chefe. Outras mudanças na aparência são visíveis no dia de Ano Novo, e carregando o jogo no Dia da mentira resulta em Reala no lugar de Nights como personagem jogável.

O disco apresenta um número grande de bônus como trabalhos de arte dos personagens. Novos modos extras que permite ao jogador observar o status do sistema A-life, fazer experimentos com a mixagem do da música do jogo, time attack em um Mare, ou jogar umo demo em um nível como o mascote Sonic the Hedgehog da Sega. No minigame "Sonic the Hedgehog: Into Dreams", Sonic é somente capaz de atravessar o estágio Spring Valley a pé, e o chefe original do jogo Puffy é redesenhado como uma versão de "bola de gude" de Doctor Eggman. A música é uma versão ligeiramente remixada de "Final Fever", a música do chefe final da batalha vem da versão japonesa de Sonic CD.
Fonte: Wikipedia.

Archie Comics adaptou o jogo dentro de uma minisérie em história em quadrinhos de três edições, para testar se o gibi ia vender bem ou não na América do Norte. A série ganhou alguma popularidade, mas não foi o suficiente para fazer a série emplacar. A companhia lançou mais tarde uma segunda minisérie de três edições, continuando a história do primeiro, mas esse quase falhou em ganhar vendas suficientes para garantir uma série contínua.





Air NIGHTS é o nome de uma seqüência inédita de NiGHTS into Dreams, uma vez definida para o Dreamcast. O jogo nunca se materializou, embora a  sequência do jogo acabou por surgir na forma de NiGHTS: Journey of Dreams para a Wii. 
Pelo que pode ser entendida a partir de entrevistas com os funcionários da Sega, Air NIGHTS foi concebido na década de 1990, enquanto a empresa estava desenvolvendo um controle melhor para o Saturn e logo depois ao Dreamcast. Com esse controle, ficaria mais fácil de detectar o movimento  (muito parecido com o Wii,), porém foi desfeito quando Sega optou por uma configuração mais tradicional de controle. Os planos iniciais eram baseados em torno de um sensor de Saturn, embora isso mais tarde evoluiu para algo completamente separado quando o projeto começou a Dreamcast. Logo virou para o Wii.



Eu amo NiGTHS e não coloquei o do Wii, pois quero deixar o saudosismo apenas para o Sega Saturn.



Aqui vai o Final do jogo, que é uma lição e uma canção também. Feliz Natal!https://www.youtube.com/watch?v=Uxpn7Fjiel8