domingo, 19 de outubro de 2014

A Sega está realmente falida?

Muita gente acha que a SEGA faliu quando acabou com a vida útil do Dreamcast. Porém, neste post, vamos desmistificar toda essa teoria lançada pelos Haters da SEGA.



Vamos lá para a história!

Sega Corporation (株式会社 セ ガ) é uma empresa de software e desenvolvimento de hardware internacional atualmente sediada em Yokohama, no Japão. Originário de meados dos anos 1940, a Sega chegou à fama no final do século XX, estabelecendo-se como uma das maiores empresas de jogos do mundo. "Sega" é uma abreviatura de Service Games, um nome usado até outubro de 1965, quando tornou-se Sega Enterprises Ltd .. Em 2000, a empresa tornou-se oficialmente conhecido como Sega Corporation. 

Sega é melhor conhecido por seu sucesso na indústria de videojogos, a criação de um grande número de jogos pioneiros e conceituados que moldaram a indústria em que ela é hoje. É também famosa pelos seus consoles e eu personagem, Sonic the Hedgehog. Em 2004 ela se fundiu com a Sammy Holdings. 



A SEGA sempre foi visionária, lançavam jogos de arcade maravilhosos e muito além do seu tempo, isso já nos anos 80, o ano que a Nintendo já era dona do mundo. Os games arcades da SEGA já entravam em concorrências com as grandes Konami, Capcom e Taito. 

Com muita criatividade, audácia, originalidade e muita atitude nos jogos, a SEGA logo conseguiu conquistar o público e também o mercado de jogos. Com isso, logo decidiu que era hora de lançar seu próprio console para concorrer com o Famicom. Seu nome: SEGA GAME ou SG-1000.


Porém a SEGA viu que seu videogame está vem apoio das famosas da época, Konami, Capcom e entre outras que eram domínio da Nintendo. A Nintendo era muito autoritária e não admitia concorrência e nem traição ou quebra de contrato. 

A SEGA decidiu abandonar seu videogame, mas não deu as costas e nem ligou para a rival, lançando, assim, o Master System!


A Nintendo ficava meio preocupada com o sucesso do Master System e sua boa gama de jogos, já que a SEGA mesmo produzia seus jogos e sua amiga, Taito, com qualidade, gráficos bons e bem coloridos, concorrendo contra o Nintendo 8bits. Ela foi para o Estados Unidos, uma das potências principais de games na época, para mostrar seu console. Seu erro é ter feito contrato com a Tonka Toys, uma indústria de brinquedos que não conhecia nada no ramo de videogames.
Já aqui no Brasil, Europa e Coréia do Sul, o console fez muito sucesso. A Tec Toy foi uma peça fundamental para o sucesso da SEGA.


Mesmo assim, o Master System não estava abalando a Nintendo. A SEGA decidiu "abandonar" seu console para lançar o Mega Drive, (Sega Genesis: que é início nos Estados Unidos, mostrando o início de um grande sucesso da SEGA). 
O Mega Drive veio e deixou a Nintendo com medo, pois foi sucesso em todos os lugares lançados, inclusive nos Estados Unidos e Japão.
A SEGA sentiu o gosto do poder e inovava sempre com o seu console. 


As empresas estavam sentindo vontade de ficar com a SEGA, por ser menos autoritária (mas também tinha sua própria ditadura) e por ser flexível. A Nintendo, assim, lançava o SNES em 1991. A SEGA já estava fortalecida, e aqui no Brasil obtinha 75% do mercado de games e a SEGA triunfava!
No entanto a SEGA precisava lançar um mascote para mostrar seu poder maior, seu nome? Sonic, o ouriço!



Ao contrário do Mario, que era um game de plataforma simples, porém divertido, a SEGA lançava um ouriço supersônico e rápido, que deixava as crianças loucas com seus loopings e sua velocidade incontrolável logo conseguiu espaço e  a atenção dos fãs! 

A Sega viu que a Nintendo ganhava muito com seu portátil, então lançou o seu também, o GAME GEAR, um portátil colorido e com gráficos ótimos, pena que consumia seis pilhas: http://osfasdasega.blogspot.com.br/2014/07/e-sega-entra-com-os-portateis-o-game.html
Contudo a SEGA foi com muita sede ao pote, enquanto a Nintendo se estabilizava com o SNES, a SEGA foi lançando diversos upgrades para o Mega Drive que não foram tanto sucesso, mas que também foram um MUST HAVE para os SEGUISTAS. Conheçam os melhores jogos:http://osfasdasega.blogspot.com.br/2014/07/jogos-que-fazem-o-sega-cd-valer-pena.html
 O Sega CD foi um UPGRADE que poderia extrair mais dos jogos, pois os FMV não foram tudo isso e eram muito entediantes e chatos. Entretanto um jogo fez com que criasse a ESBR (classificação de games de lá), a Nintendo falou que a SEGA induzia seus jogadores, e também seu videogame era muito violento. 

A Digital Pictures, a produtora de Night Trap, criou até um anúncio ironizando a censura dos Estados Unidos e a Nintendo pensando que estava se elevando.
Em 1994, a SEGA lança outra cagada, o 32X. A Nintendo estava desenvolvendo um videogame juntamente à Sony para detonar a SEGA, e a SEGA desenvolvendo o Sega Saturn. Todavia, a SEGA ainda assim insistia nos Estados Unidos em lançar o UPGRADE, pois seu sonho era lançar um ARCADE para o MEGA DRIVE (o videogame mais sério dela). 

Em 1993, a SEGA lançou seu primeiro jogo poligonal de corrida para o Mega Drive, o Virtua Racing que revolucionou total. Confiram essa história: http://osfasdasega.blogspot.com.br/2014/07/o-inicio-do-3d-ainda-na-era-dos-16-bits.html

Em 1994, a SEGA lançava seu primeiro jogo em 3D, o Virtua Fighter: Leiam aqui = http://osfasdasega.blogspot.com.br/2014/07/virtua-fighter-o-pioneiro-nos-jogos-em.html

A Nintendo abandonava o projeto e descartava a Sony. A empresa ficou furiosa que criou seu próprio console, o PlayStation, que destruiu a SEGA e a Nintendo em pouco tempo. A SEGA adiava o Sega Saturn, e lançou com medo e às pressas, deixando os fornecedores irritados e as grandes lojas, que resolveram boicotá-la no Saturn day. O console fez muito sucesso no Japão, nos Estados Unidos ele perdia feio para o console da Sony.

A Sega cancelava jogos a rodo, com medo de perder mais dinheiro e via-se acuada e sem cash nos States, já no Japão o Saturn sambava no PlayStation. Essa falta de comunicação também atrapalhava, a rixa entre a SEGA Japan e SEGA USA causava mal estar. 

Com desespero e vendo-se sem saída, a SEGA dá sua cartada final, o Dreamcast, o console 128-bits da empresa. O console foi sucesso de vendas e quebrou recordes, e a SEGA estava em apuros, pois não dava suporte ONLINE e por causa da demanda alta e a fabricação do console, que foi devagar.


Em 2001, a SEGA decidiu cancelar a vida do Dreamcast e voltar a ser Softhouse. Eu achei muita humilhação do Sonic ir para a Nintendo, foi vergonhoso demais! Mas a SEGA estava decidida a ser só SOFTHOUSE mesmo e esquecer sua derrota. 




A SEGA faturava bastante, mas não a ponto de lançar outro console e acho que nunca lançará! 

Confiram os resultados oficiais da SEGA e tirem suas conclusões: 
Segundo um relatório do site financeiro Seeking Alpha, as margens operacionais da SEGA Sammy Holdings indicam que o valor das acções da famosa companhia de videojogos caíram quase ao nível que tinham antes da fusão com a Sammy. Isto poderá indicar que a fusão entre as duas empresas não gerou grandes lucros para os seus accionistas.

A SEGA Sammy é uma parceria entre dois gigantes do entretenimento: A SEGA conhecida pelos seus jogos, e a Sammy, cujo o seu negócio principal são uma espécie de slot machines japonesas conhecidas como Pachinko. Aparentemente, uma análise às unidades vendidas indica uma estabilidade geral para a Sammy e uma queda acentuada no valor das acções da SEGA.

Segundo a análise: "As receitas operacionais mostram uma triste realidade. O negócio da SEGA está a prejudicar a rentabilidade da companhia no geral. Nos anos em que a SEGA teve um desempenho positivo, apenas ultrapassou os números vermelhos. Isto significa que a divisão da SEGA é extremamente ineficaz, por outro lado, as margens da Sammy, que contribuem para 65% dos lucros da companhia, indicam que as margens da Sammy têm sido estáveis".

Apesar da companhia do ouriço azul não estar a ter os resultados esperados, de momento, não existem planos para se desfazer a fusão entre a SEGA e a Sammy, que teve lugar em 2004.  FONTE: https://www.facebook.com/coisasdasega?fref=ts

Se a SEGA estivesse falindo, ela lançaria o um ANIME com o saudosismo do seus tempos bons? 

A SEGA comprou a THQ e a Atlus, está lançando o Sonic Boom e um cartoon, lançou Alien Isolation e faz sucesso nos mobiles! Então, tire suas conclusões! No entanto, a melhor fase da SEGA para nós, foi quando lançava consoles!

P.S. A SEGA iniciou-se do nada, conseguiu ficar frente a frente com a Nintendo, lançou inovação e mostrou ao mundo que criatividade é tudo, teve sua ascensão e declínio, mas é a empresa com os melhores e mais criativos games EVER. Além de não ficar chorando pelas SOFTHOUSES, seus próprios jogos mostravam a capacidade de seus consoles, conseguia fazer melhor que muitas empresas e seus arcades maravilhosos.  Ela é proprietária da Hatsune Miko, só isso já faz muito dinheiro, além das máquinas de Pachinko no Japão. Desculpem-me haters, mas a SEGA está bem, obrigado!