sábado, 11 de julho de 2015

Top 30 jogos da SEGA depois que virou Softhouse!


A SEGA sempre foi e será a empresa que toma conta e é dona do meu coração. Quando o Dreamcast saiu da produção e ela saiu da área de consoles, senti uma tristeza tão grande, mas logo percebi que seria melhor. A SEGA começou a comprar empresas e criar jogos com criatividade, ousadia e muito empenho (HÁ UNS LIXOS QUE A SEGA DEVERIA TER TIDO VERGONHA DE LANÇÁ-LOS).
Ela começou a criar diversos jogos para o Original XBOX e mostrou vários clássicos que sairiam para o Dreamcast indo para lá, tanto para lá quanto ao PlayStation 2. Eu nunca irei perdoá-la de não ter lançado Super Monkey Ball para o Dreamcast. Para se reerguer e mostrar qualidade, a SEGA pastou e sofreu demais. Teve anos que só lançava porcarias, mas no contexto geral ela conseguiu entregar diversos clássicos e jogos. Para o PlayStation 2 foi a maior biblioteca.

Para matar a curiosidade, confiram aqui os posts de sucesso sobre os games depois do Dreamcast.
PlayStation 2: http://osfasdasega.blogspot.com.br/2014/07/jogos-exclusivos-da-sega-para-o.html
Original XBOX e Game Cube: http://osfasdasega.blogspot.com.br/2014/07/exclusividades-da-sega-para-o-nintendo.html

Então preparem-se e vamos viajar por meio desses jogos incríveis e quem for fã da SEGA de verdade terá de tê-los, pois são indispensáveis.

30 - Binary Domain (Xbox 360 e PlayStation 3)
A SEGA vivia mostrando trailers incríveis sobre este jogo, mas vivia adiando... Quando saiu, comprei para o meu XBOX 360. Batata! O jogo era tudo aquilo que eu esperava, a decepção é em ser muito difícil e ter pouco repertório de golpes. Foi desenvolvido pelo Toshihiro Nagoshi, criador de Yakuza.
A história é a seguinte: O jogo se passa em Tóquio, Japão, em 2080, a tecnologia de inteligência artificial domina o mundo. O aquecimento global causou inundações em todo o mundo, deixando grande parte do mundo inabitável. Isto forçou os governos a construir novas cidades acima da linha da água, utilizando cidades arruinadas pelo evento. A maior parte da população já havia morrido e os robôs foram usados como a força principal do trabalho. Uma empresa com sede em Bergen, controlava a grande maioria das indústrias robótica do mundo, tornando a América muito poderosa. Uma empresa japonesa chamada Amada tentou processá-la por roubar sua tecnologia e aí começou a disputa de patentes... Então o jogo começa! O resto seria SPOILER!

29 - Shining Force EXA  (PlayStation 2)
Agora feito pela Neverland, mudou totalmente o conceito de Shining Force. Igual ao anterior, Shining Force Neo, possui a jogabilidade semelhante ao Record of Lodoss War e Diablo. A história centra-se em dois personagens que o jogador terá a oportunidade de controlar. Toma, um jovem espadachim que sonha em ser o "Rei do Mundo", e Cyrille, uma maga que esconde muitos segredos. Sua história vai se desdobrar em um mundo que é compartilhado por seres humanos, demônios e bestas e está constantemente devastadas pela guerra. O mundo está dividido em dois reinos principais. O Império Noswald é o lar para a raça humana e os demônios governar o território do sul, Fyrlandt. O jogo é incrível e a história maravilhosa, pena que não é tão conhecido e muito caro.

28 - Blood Will Tell (PlayStation 2 Exclusive)
Eu adoro este jogo e estou procurando feito louco, tive até que baixar do Utorrent, jogabilidade é incrível! Dororo é um mangá de terror, que gira em torno de um ronin durante o período Sengoku. Ele nasceu sem braços e sem características faciais e órgãos internos, por causa do resultado de seu pai biológico, Daimô, que forjou um pacto com 48 demônios selados para que pudesse governar o mundo. Em troca ele prometeu a cada demônio parte do seu filho para viajar livremente

27 - Crazy Taxi 3 (Original XBOX Exclusive)
Sucesso do Arcade que foi para o Original XBOX. Seria para o Dreamcast, mas a Sega cancelou por causa do fim do console. Agora o jogo é totalmente à noite e em Las Vegas. A Microsoft foi bem esperta em pedir para a SEGA criar um remake do Primeiro Crazy Taxi que vem disponível com o jogo. Microsoft, estupradora dos sucessos da nossa falida favorita! HAHAHA Piadas a parte, a Microsoft foi bem espertinha mesmo e tomou todos os clássicos do Dream para seu console, pois sabia que o sucesso seria garantido.

26 - Beach Spikes: Virtua Beach Volleyball (Game Cube Exclusive)
Um dos melhores jogos que eu já joguei da SEGA para outro console. Sucesso absoluto da AM2 nos arcades, foi portado para o console da Nintendo, mas sairia para o Dreamcast. Quem for proprietário de um CUBE, obrigatório. São horas e mais horas de diversão. Nota 10 em todos os quesitos para este jogo e o controle do CUBE o torna tão fácil e de ótima jogabilidade. Recomendadíssimo!

25 - Virtua Quest (PlayStation 2 e Game Cube)
Um dos clássicos desconhecidos e tão fantásticos que eu já vi da AM2. Você é o SEI e tem o poder de encontrar os Virtua Fighters e ganhar os poderes e técnicas deles.  
O mundo de Virtua Quest é um lugar cheio de tecnologia, no entanto muitas pessoas gastam seu tempo livre no NEXUS, um vasto universo virtual. Sei é um companheiro alegre que tem sido cobaia do seu amigo, Hayami, como um caçador de tecnolgia, ou seja, reconhe ficha de dados dos alcances distantes do NEXUS e os perigos eminentes para vender por dinheiro.  Logo quando ele chega, uma criatura estranha chamada BIT aparece e a partir daí sua aventura começa e anuncia que será seu navegador ao longo dos servidores que ele visitará. Sei tem que encontra as lendárias Virtua Souls, dos guerreiros lendários.


24 - The King of Route 66 (PlayStation 2 Exclusive)
É a sequência do sucesso do Dreamcast e Arcades - 18 Wheeler: American Pro Trucker. O jogo é a mesma coisa que o anterior, mas com mais personagens e caminhões. Está um pouco mais difícil e o primeiro era de chorar de tão difícil. Uma peça fundamental para os proprietários de PlayStation 2. Am2 não cansa de fazer coisas boas.


23 - Otogi ( Original XBOX Exclusive)
Criado pela From Software, o protagonista do jogo é Raikoh Minamoto (baseado em Minamoto no Yorimitsu) nasceu em um clã de carrascos sob o comando do imperador. Raikoh foi dada a ordem para matar o próprio pai. Ele não podia fazer isso, então roubou a Sanctuary Soul, espada ancestral de seu clã, e fugiu da capital de Kyoto. Após a sua partida, o selo que separa o mundo dos demônio e mundos humanos foi quebrado. Raikoh quase foi morto pela inundação das trevas, mas uma princesa banida para o submundo salvou e segurou-o em um estado entre a vida ea morte. A princesa deu-lhe um novo corpo em troca de seus serviços Agora ele precisa fechar o selo! Jogo maravilhoso e indispensável para os caixistas.


22 - The House of Dead 3 (Original XBOX Exclusive)
Situado no mundo pós-apocalíptico 2019, a civilização há muito tempo já entrou em colapso. Agente aposentado AMS Thomas Rogan e sua equipe de comandos altamente treinados começam a investigar o Centro de Pesquisa EFI, o que pode estar ligado ao desastre.Lisa, a filha de 19 anos de Thomas , e ex-parceiro de Rogan, G, também um ex-agente AMS, viajar para lá duas semanas depois, com espingardas na mão após seu desaparecimento. Esta versão tem o The House of the Dead 2 e 3, um combo pack, a Microsoft tentou pegar vários jogos do Dreamcast.

21 - Mad World (Wii Exclusive)
Madworld possui um visual gráfico único em preto e branco, inspirado por Sin City . O jogo é em terceira pessoa, com a forte presença de humor e extrema violência, nele os jogadores controlam o personagem Jack em uma espécie de reality show criado por terroristas chamado "Death Watch", onde puzzles, lutas e mini games "ultraviolentos" devem ser enfrentados. Para seus desenvolvedores "O jogo traz uma experiência unica que estava faltando no Wii. . O designer do jogo, Shigenori Nishikawa, comentou que queria que o jogo fosse visto de um lado mais cômico do que obscuro. Porém, pelo alto nível de violência a Platinum Games não possui certeza sob um futuro lançamento no Japão, citando que "Em certos mercados existem muitas limitações sobre o tipo de violência que pode ser mostrada, então definitivamente o mercardo externo vêm muito mais em pensamento" ..
A Sega anunciou o desenvolvimento do jogo em maio de 2008, junto com os jogos Bayonetta e Infinite Line, frutos da parceria da empresa com o então novo estúdio independente Platinum Games , formado pelos veteranos Shinji Mikami, Atsushi Inaba e Hideki Kamiya.

Em MadWorld, Varrigan City se torna o local para o qual um grupo de terroristas conhecidos como "The Organizers" transformem a cidade em um grande programa de TV chamado "Death Watch", onde os cidadãos são forçados a lutar pela suas vidas contra inimigos misteriosos.

20 - Sega Classic Collection (PlayStation 2 Exclusive)
A SEGA fez uma compilação de alguns jogos do SEGA AGES e levando para o Ocidente. Neste jogo há os games: Out Run, Space Harrier, Virtua Racing, Monaco GP, Tant R, Golden Axe, Columns, Fantasy Zone, Bonanza Bros e Alien Syndrome. Um MUST HAVE, pois encontrar os SEGA Ages é uma bosta de tão difícil e caro que são, entretanto eles estragaram alguns jogos. 



19 - Jambo! Safari (Wii Exclusive)
Clássico dos Arcades que saiu na era 2000 e agora para o Nintendo Wii. 
 A SEGA estava com tudo na época do Naomi, fazendo vários jogos de corridas com personalidades! Agora você está na selva e dirige um Jipe e tem que caçar os animais. (ainda bem que é só em games, não façam isso na vida real!). Seria perfeito se saísse no Dreamcast, mas a SEGA não trouxe ao console.

18 - Virtua Fighter 4 (PlayStation 2 Exclusive)
Feito para os Arcades e seguiria para o Dreamcast, entretanto a SEGA já estava planejando sair do ramo de consoles e deixou o projeto parado. As revistas já anunciavam a chegada ao Dreamcast, mas do nada a SEGA deixa para o PlayStation, seu rival. Oiiiiiii (interrogações infinitas!!!) Eu amo essa versão e seria linda no console da SEGA.... Amo Virtua Fighter, sou suspeito para falar.

17 - Panzer Dragoon Orta (Original XBOX Exclusive)
Desenvolvido pela Smilebit, porém com alguns membros da Team Andromeda.

O jogo centra-se em uma jovem, Orta, que foi mantido como prisioneira sua vida inteira, antes de ser libertado por um misterioso dragão. Como ela anda nas costas do dragão através de um mundo pós-apocalíptico, ela deve se defender contra as forças de um império opressivo e militarista, que acreditam que ela é o prenúncio de sua destruição. Gente, é um MUST HAVE, quem tem o Original XBOX ou XBOX 360, é indispensável. Outro jogo que também está caríssimo hoje em dia! 


16 - GunBlade NY & LA Machineguns (Wii Exclusive)
Dois jogos incríveis de Arcade de tiro que os levarão aos tempos remotos. Você irá num helicóptero e passará por alguns dos lugares mais famosos dos Estados Unidos. Podendo jogar até 2 controladores em veículos rápidos de combate, armados com metralhadora para destruir a invasão de androides terroristas.

15 - Sega Superstar Tennis (All Plataforms, except Game Cube)
Pensa num jogo bacana com os personagens mais famosos da SEGA? Coloque-os numa partida de Tenis? Já pensou? Então, isso mesmo!  A Sega caprichou demais neste jogo e os personagens e os desafios são perfeitos, um jogo recomendadíssimo, pois é tão carismático e divertido que os levará a  umas horas de jogo.


14 - Sonic Colors ( Nintendo Exclusive)
 Agora o Sonic vem com tudo! Pena que é exclusivo para o Wii. Com a ajuda dos Wisps, Sonic recebe vários poderes incríveis. Eu amo o jogo, é um dos MUST HAVE. Eggman fala que sente de remorso do seu passado e decide construir seu parque de diversões, o Amazing Interstellar Amusement Park do Dr. Eggman, no espaço, usando o poder de pequenas criaturas alienígenas conhecidos como Wisps. Porém Sonic descobre que era tudo mentira e vai salvar os aliens.



13 - Sonic Advance (Game Boy Advance Exclusive)
Eu adoro todos, são maravilhosos e exclusivos do Game Boy Advance. A SEGA acertou em cheio para o portátil, dá até uma ponta de inveja da SEGA não ter lançado Sonics assim para o Saturn. A jogabilidade é intensa, as músicas são boas e vários personagens. Não há o que falar da história, é bem clichê. O meu favorito é o Sonic Advance 2.



12 - Sonic Unleashed (All Plataforms)
Muito criticado e falando mal do Werehog. Eu adoro o jogo, a SEGA conseguiu voltar o Sonic às suas origens, pois com a Hedgehog Engine, mostrou que SONIC é foda! O Werehog é interessante, o chato são suas telas infinitas e demoradas. As telas do Sonic são demais, não há o que criticar. É um dos melhores e meus favoritos! A história começa  quando a frota de batalha de Eggman está em órbita ao redor da Terra, e Sonic vai detê-lo. Usando um de seus robôs, Eggman captura Sonic e ele vira super,então o segue para destruí-lo, porém era uma armadilha e Eggamn usa uma maquina, causando uma alteração no Sonic e também as esmeraldas do Caos tornam-se inválidas. Sonic conhece CHIP, um bichinho sem memória. Na trama professor Pickle, Tails e Amy te ajudam. As cutscenes são incríveis. Há várias cenas secretas! A versão do PlayStation 2 e Wii são limitadas.

11 - Phantasy Star Universe (PlayStation 2 and XBOX 360)
Phantasy Star Universe é ambientado em uma galáxia distante, onde existe um sol orbitado por três Planetas: Parum, Neudaiz Moatoob - Guhral System. Esses planetas são habitados por humanos e raças criadas por humanos: Beasts, CASTs e Newmans. Por 500 anos houve uma guerra entre as raças, mas há 100 anos atrás, uma aliança entre as raças pos fim à guerra. Mas essa época de prosperidade corre riscos de acabar com a chegada do SEED Phantasy Star Universe traz um modo de história completo, com 12 episódios e duração média de 15 horas. No game, o jogador controla Ethan Waber, um jovem residente de GUARDIANS  Colony. Ao completar o sexto episódio, o jogador poderá desfrutar do Extra Mode, onde você pode criar seu próprio personagem e entrar em missões livres, ao invés de Ethan. Entretanto, o Extra Mode não conta com 1/10 de tudo o que há no modo Multiplayer, desde roupas até armas.
A história envolvente torna o jogo incrível, claro que ele não é um Phantasy Star Online, mas é muito bom também!

10 - Sonic Heroes (All Platforms 2003)
Quando foi joguei, achei o jogo totalmente chato e repetitivo. Entretanto eu fui jogar novamente e me apaixonei pelo jogo e toda estrutura. É grandioso! Um dos melhores Sonics e um MUST HAVE. Ainda mais que a SEGA colocou diversos personagens jogáveis, a jogabilidade é frenética, as telas são incríveis, em suma, o jogo é totalmente fantástico! A SEGA deveria ter lançado para o Dreamcast, mas como não deu tempo, foi para todos os videogames da época. Foi um dos Best-Sellers do Sonic e ganhou várias edições como Platinum Hits e Player's Choice. Falam que a melhor versão é a do Game Cube, mas eu acho a do Original XBOX.

 9 - Jet Set Radio Future (Original XBOX Exclusive)
joga de forma semelhante ao jogo original, em que o jogador controla um membro de uma gangue de patinadores chamado GGs para ganhar o controle da cidade de Tokyo-To. Os jogadores são capazes de andar de skate, grind nos trilhos e mesmo até os pólos, andar em paredes, executar truques ar e usar impulsos para se mover mais rápido. Na maior parte do jogo obriga o jogador a procurar marcas de graffiti deixadas por outras gangues e pulverizar sobre eles com o seu próprio. Para fazer isso, os jogadores terão de recolher spraycans espalhados ao longo de cada etapa. É um dos MUST HAVE!


8 - Fantasy Zone Complete Edition (PlayStation 2 Exclusive)
Eu sou um hiper fã de Fantasy Zone, eu amo as músicas, o jogo, o Opa-Opa e tudo que está relacionado. A SEGA criou uma edição especial para o PlayStation 2, somente no Japão, que é uma perfeição! O jogo traz diversos games da franquia e até os Arcades perdidos! Quem é fã do jogo, é indispensável, pena que é caro! Eu ainda estou atrás do meu. 
Para mais informações sobre o SEGA AGES, confiram: http://www.hardcoregaming101.net/segaages/segaages.htm

7 - Yazuka (Sony Exclusive) 
Pensávamos que seria uma continuação de Shenmue, mas não há nada igual. Os dois jogos são totalmente distintos.Tudo começa em 1995, em Kamoro-cho, um distrito fictício em Tóquio (que modelado após Shinjuku) a história de Kazuma Kiryu  é que é um jovem que trabalha para Yakuza Tojo Clan da família Kojima , uma poderosa organização na área de Kanto, no Japão. Seu amigo Akira Nishikiyama tenta salvar Yumi de Dojima e acaba matando-o. Kiryu decide assumir a culpa pela morte e pega a pena de 10 por homicídio
Em 2005 ele sai da cadeia e tenta levar a vida normalmente e encontrar Yumi. No caminho ele encontra uma garota misteriosa chamada Haruka. Depois de ser expulso da Yakuza, percebe que estão atrás da menina com a recompensa de 10 bilhões de ienes, descobrindo que a menina precisa de proteção, pois pode ser a chave do seu mistério.

6 - Sonic and SEGA AllStars Racing (All Plataforms 2010)
A SEGA trazendo uma novidade, um jogo de corrida com seus melhores personagens. Agora com 24 personagens e várias pistas e clássicos. O jogo é incrível e pode até ser uma cópia do Mario Kart, mas a SEGA criou com tanta perfeição que tomou meu sexto lugar deste TOP 30. A versão do XBOX vem com o Banjo and Kazooie <3

5 - Valkiria Chronicles (PlayStation 3 Exclusive) e agora no Steam
As economias de ambos os poderes dependem de um mineral precioso chamado Ragnite multiuso. Seus resultados crescentes de escassez na declaração de guerra imperial na Federação, provocou a Segunda Guerra na Europa. O Império usa sua superioridade militar para colocar rapidamente a Federação na defensiva. Encorajada por seu progresso e dinamismo, o Império decide invadir o Principado neutro de Gallia para aproveitar seus ricos depósitos de Ragnite. 
Quando as forças imperiais lançam um ataque contra a cidade Gallian de Bruh, Welkin Gunther é forçado a lutar pela sua vida e aí começa. Foi o jogo que mais vendeu no Japão durante um tempo e tem até um anime maravilhoso do jogo. Recomendo.

4 - Super Monkey Ball (GameCube)
Gente, que perfeição é aquela??? E ainda mais com o controle de CUBE! Aiai vem com tudo, depois do sucesso estrondoso dos Arcades e era para ser portado ao Dreamcast em 2001, mas o console já não estava no mercado. O jogo é tão simples, mas tão viciante. Recomendo e quem tem o CUBE, é indispensável!!!!

3 - Taito Collection (Original XBOX, PlayStation 2 and PSP)
Quando fala da Taito já vem o gosto de Mega Drive e Arcades, quando eu vi que existia este jogo eu fiquei extremamente contente e apaixonado, comprei de imediato. Há tanta coisa bacana e legal, não dá para falar num post e preciso criar um post para a Taito. Arcade representa muito para mim, pois foi lá onde tudo começou. A Taito sempre ajudou a SEGA desde o começo, foi uma das softhouses que deu o braço esquerdo para a empresa e foram anos de amizade. Uma pena a Taito estar sumida agora.


 2 - Sonic Generation (PlayStation 3 and XBOX 360)
O melhor Sonic da geração depois da morte do Dreamcast. Este jogo trouxe toda origem da SEGA, o 2D e o 3D, a jogabilidade rápida, história envolvente e saudosista, quase todas as soundtracks, a história dos personagens. Uma tristeza é ser fácil e curto demais. Porém representou com maestria os 20 anos do Sonic, já que os 15 foi um fiasco! Um MUST HAVE total! Queria ter a versão de colecionador.




1 - Bayonetta 1 e 2 (XBOX 360, PlayStation 3 e WiiU)
A Diva das Bitches mostrando toda qualidade e inovação num jogo só! Quando eu vi o Trailer da Bayonetta em 2009, eu fiquei passando mal e precisava logo comprar aquele jogo. Quando joguei pela primeira vez, vi que era tudo isso e mais um pouco. Você vive Cereza, uma filha de bruxa com anjo que deve encontrar seu destino e muitas respostas sobre seus questionamentos, depois de dormir por muito tempo. A História é tão envolvente, jogo incrível e tudo o mais, tornou-se meu jogo favorito!



E você, qual é seu top 30?