sexta-feira, 11 de julho de 2014

A série Panzer Dragoon mostrou ao mundo do que o Saturn era capaz!

Quando joguei/ vi Panzer Dragoon para o Saturn foi uma sensação maravilhosa e o início da experiência em  3D. Cenários perfeitos com jogo de tiro, história envolvente e ainda jogar no console da SEGA não tem preço. Panzer Dragoon foi o marco na história do Sega Saturn e um dos melhores para o console. Somente a SEGA para explorar tão bem seus consoles, e mostrar ao mundo do que o Saturn era capaz, porém com tantos boicotes as pessoas pegaram broncas do console e da própria SEGA. 

As revistas já anunciavam o Saturn constantemente e com isso os seus primeiros jogos, e para uma época que estava acostumada com os 16 bits, isso era fabuloso!
Imagine combinar um controle perfeito + Panzer Dragoon + Sega + Saturn = Experiência única!

Panzer Dragoon ( パンツァー ドラグーン Pantsā Doragūn) é um jogo de rail shooter feito pela Team Andromeda e lançado no console Sega Saturn em 1995; e mais tarde lançado para PC, PlayStation 2, e como um bônus em Panzer Dragoon Orta para Xbox. O jogo segue a jornada de Keil Fluge (sem nome em versões localizadas), um membro de um grupo de caçadores que se torna o piloto de um poderoso dragão azul e se junta a ele em sua missão de parar um dragão rival de provocar estragos no mundo. Seus movimentos (representando a laser do dragão e arma do piloto) sobre a tela e dispara inimigos enquanto o dragão voa automaticamente através de ambientes 3D em uma trilha pré-determinada. 

Como um dos poucos jogos disponíveis no lançamento surpresa do Sega Saturn, Panzer Dragoon foi o primeiro jogo criado pelo Team Andromeda. O jogo também marcou a estréia na direção de game designer Yukio Futatsugi, que tinha 25 anos na época.é o primeiro jogo da série Panzer Dragoon, e introduziu elementos de jogabilidade da série e estilo art. 

Panzer Dragoon recebeu críticas positivas, tanto em 1995 como em cobertura retrospectiva recente. Foi 'Choice em Julho de 1995 , foi nomeado o "Melhor Jogo de Saturno, de 1995", em de EGM 1996 Edição de Comprador da Electronic Gaming Monthly e o Guide classificou 140 em AGE de "The Greatest 200 Videogames do seu tempo", em 2006. Tá bom para vocês? 

As músicas são maravilhosas e o enredo é perfeito, a Team Andromeda.

O universo do jogo é definido em um futuro distante, milhares de anos após uma grande guerra entre os humanos e suas armas biologicamente modificadas. Até o momento do jogo, os seres humanos têm  algum nível de organização, formando tudo, desde pequenas a grandes tribos nações. Uma nação, o Império, descobriu uma torre negra no meio de um lago perto de seu capital, o que lhes dava acesso a grandes quantidades de armas antigas que eles usaram para bater para trás e controlar as sempre presentes monstros do mundo. Os Imperials foram corrompidos por este poder e tornou-se vencedores dos outros ao invés de libertadores de um mundo violento.

Panzer Dragoon recebeu críticas positivas em 1995. Embora as vendas não foram tão elevadas como a Sega esperava por causa do sucesso do PlayStation sobre o Saturn, vendeu bem e a SEGA decidiu continuar com Panzer Dragoon Zwei (2 em alemão).


Panzer Dragoon Zwei foi lançado em 1996 pela Sega e Team Andromeda!

O jogador assume o controle de Jean-Luc Lundi. Lundi vive em uma aldeia e descobre um dragão. Em uma ocasião, quando Lundi leva Lagi para fora, um enorme navio chamado 'Shelcoof' controlado por Sestren destrói aldeia de Lundi, na tentativa de matar Lagi, que é possuída pelo Programa de heresia. Seu objetivo é matar Shelcoof!
Ter um Saturn é ter uma máquina que poucos compreendem seu poder!



Como um dos primeiros títulos de Saturno, o jogo foi muito aguardado por jornalistas após o seu aparecimento em EGM concordou que era um jogo must-have para os proprietários de Saturno.  Da mesma forma, a  GamePro chamou o material promocional. Ed Semrad e Danyon Carpenter da Electronic Gaming Monthly elogiou o jogo: "jogo inovador" e seu "visual inspirador "do cinema abrindo para os planos de fundo e animações do dragão. Al Manuel e Ken Williams criticou a falta de diversidade de armas e sua progressão pré-determinado do jogo; mas os quatro revisores jogo de "obra-prima", destacou seus gráficos de alta qualidade e músicas, e descreveu a história como "captivat ". No entanto, o jornalista observou dificuldade geral do jogo "vai destacar todos os jogadores avançados, mas" com a sua falta de power-ups ou vidas extras de qualquer tipo. No entanto, o jogo foi visto como um bom exemplo das capacidades de Saturno.

Em 1998 vem a perfeição para o console, explorando-o por total e mostrando ao mundo que o Saturn era muito capaz, porém a SEGA o abandonou. Lançavam um dos últimos jogos para o Sega Saturn, Panzer Dragoon Saga! (A perfeição). Eu tenho esse jogo e recomendo jogar com o controle 3D do Saturn, o jogo é lindo e a história também. Personagem super interessante (Edge) tanto que a foto do blog é dele.


Panzer Dragoon Saga (アゼル パンツァー ドラグーン RPG Azel: Panzer Dragoon RPG). É aclamado pela crítica, lançado para o Sega Saturn em 1998. Foi o terceiro jogo lançado da série Panzer Dragoon (sem contar Panzer Dragoon Mini, um título spin-off para o Game Gear), e é o único jogo da série que não é um rail shooter. 

O jogador controla um jovem caçador chamado Edge e com ele tenta libertar o mundo da vontade dos Antigos com a ajuda de um poderoso dragão voador, que pode disparar lasers de sua boca.Os elementos em RPG deste jogo são fabulosos!

Propaganda do jogo nos Estados Unidos. 

Cronologicamente, a história de Panzer Dragoon Saga é o terceiro em sequência. Ela ocorre após o Panzer Dragoon II Zwei e o original Panzer Dragoon, e antes de Panzer Dragoon Orta. 

Tal como acontece com outros jogos de Panzer Dragoon, a história se passa em um ambiente pós-apocalíptico não especificado onde criaturas mutantes percorrem áreas desprotegidas, e facções humanas diferentes competem por terras e recursos. A maior dessas facções é o Império, construído sobre a tecnologia enterrado dos Antigos. "Os Antigos" é o nome genérico dado às pessoas que, uma vez controlados num mundo de abrangência, a civilização hiper-avançada, milhares de anos antes dos eventos da série. Um misterioso cataclismo, sugerido como sendo uma guerra terrível, causou a queda desta civilização e quase destruiu o planeta, deixando os sobreviventes para ganhar a existência sombria entre os restos. Eventualmente, os Antigos e suas obras passaram em lenda, atingindo uma espécie de respeito divino, e uma relação terrível, entre o povo. 
Os vestígios das suas tecnologias são utilizados no desenvolvimento de máquinas de grande parte da humanidade, o armamento, e veículos, tais como os navios flutuantes que são um grampo da série. 

O protagonista da história, e o personagem que o jogador controla, é Edge, um jovem soldado do Império. A história começa com ele no dever proteger um sítio de escavação, onde artefatos antigos estão sendo recuperados. Depois de ajudar a afastar um ataque de uma das criaturas mutantes selvagens dentro da caverna onde a escavação está sendo feito, Edge descobre o que parece ser o corpo de um jovem enterrado em uma parede. 

Antes que ele possa reagir, o local da escavação é atacado por uma facção das tropas imperiais amotinados. Craymen, o líder da facção, ordena que seus soldados para levar a menina. Edge e do resto de seus companheiros são disparados. Como Borda é atingido, ele cai do alto do penhasco onde ele viu-los a tomar a misteriosa garota, em um reservatório subterrâneo. Ele é, aparentemente ileso e consegue localizar uma arma para defender-se . Então, na tentativa de encontrar uma saída, ele é interceptado por um dragão voador. O dragão parece estar se comunicando com ele em algum nível espiritual e, com sua ajuda, Edge escapa da caverna. Ao retornar para a entrada da escavação, ele descobre que seu capitão morrendo. Atormentado, Edge jura vingar-se Craymen, e decifrar o mistério da garota misteriosa. 


Depois dessa realização, o Team Andromeda terminou com o grupo.

Foram feitas poucas cópias para o Sega Saturn da América, por isso é tão difícil e CARÍSSIMO obter um assim, no Brasil chega a custar R$1.200,00. Eu tenho e consegui num preço acessível. Porém o japonês é em conta, você encontra por até R$50,00.

Depois disso a SEGA iria lançar Panzer Dragoon Orta para o Dreamcast, contudo o console foi descontinuado e a Microsoft pegou como exclusivo para o Original XBOX, saindo uma versão exclusiva do console no Japão.
Desenvolvido pela Smilebit, porém com alguns membros da Team Andromeda.
O jogo centra-se em uma jovem, Orta, que foi mantido como prisioneira sua vida inteira, antes de ser libertado por um misterioso dragão. Como ela anda nas costas do dragão através de um mundo pós-apocalíptico, ela deve se defender contra as forças de um império opressivo e militarista, que acreditam que ela é o prenúncio de sua destruição. Gente, é um MUST HAVE, quem tem o Original XBOX ou XBOX 360, é indispensável. Outro jogo que também está caríssimo hoje em dia! 

Curiosidades sobre Panzer Dragoon:

Ele foi lançado para o Game Gear também, numa versão chamada Panzer Dragoon Mini, porém somente no Japão e para uma série chamada Kids Gear, para crianças. Hoje em dia é raríssimo e disputado.




O jogo fez tanto sucesso no Japão que a SEGA decidiu criar um anime. Confira o trailler: https://www.youtube.com/watch?v=XGsY-LP3TeE


A SEGA lançou o Panzer Dragoon para o PlayStation 2 como Ages, mas a versão do PlayStation ficou horrível. Veja a comparação:

É isso, galera. Quem ama o Saturn e a série, necessário ter todas! Abraços e até a próxima!

Fonte: Wikipedia e Sega Retro.